Publicado em: Gastronomia - 22 de outubro de 2014

As 5 maiores dúvidas entre os cervejeiros

Todo brasileiro adora reunir os amigos numa mesa de bar para tomar aquela cerveja bem gelada, principalmente nestes dias de calor. Porém, sempre surgem diversas dúvidas sobre o seu consumo, forma de armazenamento, temperatura ideal e muitas outras. Agora, que tal aprender um pouco mais sobre a “loura” mais amada do Brasil?

 

1) Qual a temperatura certa?

Os especialistas afirmam que a cerveja, abaixo dos 4ºC, amortece as papilas gustativas e começa a perder seu sabor. Porém, tudo é uma questão de gosto pessoal. O certo mesmo é fazer o que mais lhe agrada.

2) Existe um copo ideal?

Assim como existe uma taça para cada tipo de vinho, o mesmo acontece com a cerveja. Os exemplares mais leves devem ser consumidos em tulipas, taças com “pezinho” ou até mesmo em copos americanos, pois impedem que o líquido esquente rapidamente. As cervejas feitas com trigo devem ser bebidas naqueles copos compridos e mais largos no topo, chamados de weizen. Já os rótulos aromáticos deverão ser ingeridos em copos com bojos largos, que favorecem o desenvolvimento dos aromas.

3) Latinha ou garrafa?

Não existe diferença alguma entre a cerveja embalada em garrafas e nas latinhas. Na verdade, a garrafa acaba retendo mais gás carbônico, mas isso é imperceptível ao paladar.

4) O que é cerveja choca?

Três fatores podem alterar a fórmula e o sabor da cerveja: vazamento do gás carbônico, transporte de forma inadequada, ou coagulação da proteína da bebida.

5) Onde guardar?

Quanto mais jovem a cerveja for consumida, melhor. Por isso, armazenar por um longo período não é aconselhado. De qualquer maneira, o melhor a fazer é guarda-la na geladeira ou em um lugar fresco e protegido do sol.

 

Depois destas dicas, bateu aquela vontade, não é? Venha ainda hoje para o Piquiras tomar uma cerveja bem gelada, do jeito que você merece. Vamos aguardar a sua visita!

Deixe um comentário